Espero Te Ver No céu

Espero Te Ver No céu - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

“Espero te ver no céu”! Assim sempre terminamos nossos textos. Muitos respondem de volta, com um: “Também espero te encontrar por lá”! Ou algo semelhante. Mas existem aqueles que se sentem incomodados, achando presunção da nossa parte. Estes creem que ninguém sabe ao certo se lá estará. Queridos, a certeza da salvação é algo fundamental na vida do cristão. O sacrifício da cruz, não deixa a menor dúvida quanto à sua eficácia para levar ao céu todo aquele que crer. (Jo 3:14-16)

“Para nós que ainda teremos que viver possivelmente anos nesse mundo de pecado, nunca é fácil. Mas ser difícil não significa ser incerto.”

Quem leu o nosso artigo “Ir Para o Céu é Difícil” (ver link abaixo) pode achar que estamos nos contradizendo, mas não estamos. O ser fácil ou difícil depende em parte do tempo de vida, após a conversão, que o Senhor dá a cada um. O ladrão na cruz, por exemplo, depois de anos vivendo em pecado, creu, pediu e recebeu a sua salvação (Lc 23:43). Sua caminhada como alguém nascido de novo foi bem curta e aparentemente fácil. Dizemos aparentemente, porque ninguém sabe ao certo o que passou por sua cabeça naquelas horas antes de morrer. Vocês também já devem ter ouvido falar de pessoas que morreram minutos após aceitarem a Cristo como salvador pessoal, em casas, ambulâncias e hospitais. Obviamente, todos esses casos são exceções. Na sua grande maioria, Deus quer que cresçamos e dêmos frutos de salvação até que Ele nos chame. Mas o Senhor lhes capacitará com o Espírito de Cristo, “para que, no tempo que lhe resta, não viva mais para satisfazer os maus desejos humanos, mas sim para fazer a vontade de Deus.” (1Pd 4:2). Para nós que ainda teremos que viver possivelmente anos nesse mundo de pecado, nunca é fácil. Mas ser difícil não significa ser incerto.

Tenho um cunhado que já correu e completou várias maratonas. Ele sempre soube que jamais estaria entre os primeiros a terminar, mas também não começava duvidando que chegaria ao final, embora tivesse certeza de que não seria fácil. Assim é o servo do Senhor. Nosso querido Jesus deixou o céu, tornou-se homem, sofreu e morreu por nós, não com a possibilidade de salvar alguns, mas sim com a certeza de levar com Ele todos aqueles que creram (Jo 1:12). Na realidade, nenhum daqueles que o Pai deu a Jesus se perdeu ou se perderá (Jo 6:39). É pela sua infalível perfeição que temos certeza que no céu estaremos.

Mas alguém dirá: “Então só preciso crer, como o ladrão?” Correto, crer é a base da salvação. Mas note: quando falamos de crer, não estamos falando de apenas crer a nível intelectual, de aceitar que tudo isso é verdade; essa maneira de crer até os demônios creem e tremem (Tg 2:19). O crer que salva é acompanhado de amor e obediência (Jo 14:21). Qualquer pessoa, mesmo nas igrejas, que não ama e não obedece a Jesus, ainda não creu para a salvação.

Amados, já estou feliz, sabendo de antemão que esse texto, assim como os anteriores, será usado pelo Senhor para ajudar e influenciar muitos rumo ao nosso tão esperado lar. Se você ainda não tomou a sua decisão de crer, amar e obedecer, hoje é o dia, agora é a hora. Como diz um antigo hino: amanhã pode ser muito tarde. Não fique para trás. Espero te ver no céu.

Texto “Ir Para o Céu é Difícil”: br.markusdasilva.org/ir-para-o-ceu-e-dificil