O Cristão Santo (Parte 1)

O Cristão Santo (Parte 1) - br.markusdasilva.org

Por Markus DaSilva, Th.D.

O título deste texto é um pouco estranho, confesso. É estranho porque vai contra o entendimento dos dois grupos que constituem o mundo cristão. O primeiro grupo, majoritário, considera um título como esse até ofensivo, pois, eles entendem que tal pessoa – um ser humano santo – simplesmente não existe, é um mito. Por outro lado, o outro grupo, do qual faço parte, também não concorda com esse título porque a frase pressupõe a existência de um cristianismo sem santidade, algo contrário às próprias palavras de Cristo (Mt 5:48; Mt 10:38; Lc 17:33).

“A hora do recreio, o momento de brincar de igreja, já acabou. O joio, agora bem crescido, a qualquer momento será amarrado em feixes e lançado ao fogo”

Espera-se que todo o seguidor de Cristo seja santo, assim como ele o era. O indivíduo que se deleita nos prazeres do mundo; a pessoa cujo foco é o eu; cujo viver consiste em uma constante busca de emoções passageira; cuja cruz não é carregada; esse poderá se chamar de qualquer nome, exceto cristão, pois nada disso fez parte do exemplo dado por Jesus ou pelos apóstolos (1Ts 1:6; 2Co 7:1; Hb 4:15; 1Jo 3:5; 1Pd 2:22; Fp 3:17).

Que precisamos de um reavivamento urgente, isso não resta dúvida. Ainda que não admitam, basta observar o conteúdo da maioria das pregações atuais para confirmar que santificação, o morrer para o mundo, é a última coisa na mente dos nossos líderes. O tema é raramente tocado nos cultos, e quando é, o fazem de uma forma tão vaga, tão distante, tão diluída, tão contraditória, tão distorcida, que no final a mensagem causa mais danos do que benefícios à congregação. Melhor, e mais honesto, seria que se limitassem a pregar sobre as suas paixões; que falassem das coisas que realmente gostam e entendem: esporte, cinema, videogames, shows, seriados… etc.

Queridos, o tempo que nos resta é muito curto. A hora do recreio, o momento de brincar de igreja, já acabou. O joio, agora bem crescido, a qualquer momento será amarrado em feixes e lançado ao fogo (Mt 13:30). Não estejam entre eles naquele dia. Sem santidade não veremos ao Pai (Hb 12:14). “Arrependam-se, pois, e voltem-se para Deus, para que os seus pecados sejam cancelados, para que venham tempos de descanso da parte do Senhor” (At 3:19-20). Espero te ver no céu. —Markus DaSilva.