O Plano De Deus Para Os Seus Filhos (Parte 2)

(Parte 2) O PLANO DE DEUS PARA OS SEUS FILHOS Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Neste tempo curto que passamos aqui na terra, convivemos diariamente com duas forças. Duas forças que às vezes concordam e às vezes discordam: os nossos desejos e os de Deus. Na primeira parte desta série, falei sobre a superioridade dos desejos de Deus aos nossos desejos. Expliquei que todos os nossos pecados, sem exceção, foram considerados quando o Criador planejou a nossa vida, desde o nosso nascimento até a nossa partida. Na prática, essa verdade conhecida como presciência divina, serve como garantia que os escolhidos do Senhor estarão com Ele na terra prometida, apesar de suas constantes falhas (Ro 8:1; At 10:43; Cl 2:13).

“A glória é o viver perfeito com o nosso Pai na morada que já foi preparada por Jesus.

Hoje de madrugada, dirigindo para o trabalho, à minha esquerda notei um grande outdoor com os dizeres: “Viva a Boa Vida!” Do lado da frase, o logotipo de um casino. Essa propaganda enganosa me fez pensar em como alguns cristãos imaginam que o plano de Deus para eles consiste exatamente nisso: viver a boa vida.

Queridos, quando falamos dos planos de Deus para os seus filhos, devemos entender que dentro de cada plano existe a trajetória e existe a glória. A trajetória difere entre as pessoas, mas a glória é a mesma. A trajetória é importante, mas a glória é fundamental. Nossa trajetória é o nosso viver aqui na terra, com os seus dias de alegrias e com as suas horas de tristezas, mas a glória é o viver perfeito com o nosso Pai na morada que já foi preparada por Jesus (Jo 14:2). Embora como filhos fiéis tenhamos a proteção do Senhor a todo instante, o seu foco para conosco não é que fiquemos livres dos sofrimentos no mundo presente, mas sim que nos preparemos para o grande dia do nosso encontro e união permanente com Ele (Sl 73:24). É importante que se deixe isso bem claro porque essa é a realidade da vida neste mundo de pecado.

O que fazer para conhecer o plano de Deus? O que fazer para não sair desse plano? Queremos ouvir do Senhor, queremos entender os seus desígnios, queremos saber quais são as suas instruções. Temos problemas a resolver, situações que precisam de soluções, não conseguimos ver o que nos aguarda o amanhã. Clamamos a Deus: Senhor, o que eu devo fazer? E muitas vezes só temos silêncio. Os problemas não se resolvem, as situações não se solucionam.

A resposta é a santidade, queridos. Se separando do mundo, obedecendo ao Senhor, só assim conseguiremos conhecer e nos manter dentro do plano de Deus. Quanto mais eu e a minha esposa nos separamos do mundo, mais vemos a mão do nosso Pai nos guiando; mais entendemos; mais confiamos; mais dependemos; mais amamos; mais ansiamos estar com o nosso amado Jesus. Essa pode não ser a solução que vocês gostariam de ouvir, mas não existe outra forma de conhecermos os desejos do Senhor além de um viver santo (1Jo 3:3; Hb 12:14). Irmãos, o dia está chegando, a hora se aproxima rapidamente; o momento é para andarmos digno da vocação com que fomos chamados (Ef 4:1). Espero te ver no céu.