Descanso » Mateus 6:34 » Porque insistimos em nos preocupar?

Descanso » Mateus 6:34 » Não vos preocupeis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta ao dia o seu próprio mal - Markus DaSilva
Descanso » Mateus 6:34 » Não vos preocupeis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta ao dia o seu próprio mal.

Evangelho segundo Mateus, Capítulo 6 – Foco: Versículo 34 –  Bíblia Sagrada Almeida (comentada)

Nome Original: Τὸ κατὰ Ματθαῖον εὐαγγέλιον

Jesus continua o sermão da montanha. Boas obras, jejum, esmolas, como orar, oração do Pai nosso

1 Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, para serdes vistos por eles; caso contrário, não tendes recompensa de vosso Pai, que está nos céus. 2 Quando, pois, deres esmola, não faças tocar trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, para serem glorificados pelos homens. Em verdade vos digo: Eles têm sua recompensa.

Devemos resistir à tentação de mostrar as nossas ofertas

3 Mas, quando tu deres esmola, não saiba a tua mão esquerda o que faz a direita; 4 para que a tua esmola fique em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará abertamente. 5 E, quando orardes, não sejais como os hipócritas; pois gostam de orar em pé nas sinagogas, e às esquinas das ruas, para serem vistos pelos homens. Em verdade vos digo: Eles têm sua recompensa.

Sendo discreto na oração

6 Mas tu, quando orares, entra no teu quarto e, fechando a porta, ora a teu Pai que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará abertamente. 7 E, orando, não useis de vãs repetições, como os gentios; porque pensam que pelo seu muito falar serão ouvidos. 8 Portanto, não vos assemelheis a eles; porque vosso Pai sabe o que necessitais, antes que lho peçais.

A “Oração do  Pai Nosso.”

9 Portanto, vós orareis desta maneira: Pai nosso que estás nos céus, santificado seja o teu nome; 10 venha o teu reino, seja feita a tua vontade, na terra como no céu; 11 o pão nosso de cada dia dá-nos hoje; 12 e perdoa-nos as nossas dívidas, assim como nós perdoamos aos nossos devedores; 13 e não nos leves à tentação; mas livra-nos do mal. Pois teu é o reino, e o poder, e a glória, para sempre, Amém. 14

Só é perdoado aquele que perdoa o seu próximo.

Porque, se perdoardes aos homens as suas ofensas, também vosso Pai celestial vos perdoará a vós; 15 se, porém, não perdoardes aos homens as suas ofensas, tampouco vosso Pai perdoará as vossas ofensas.

Discrição quando se jejua. Não devemos divulgar, direta ou indiretamente que estamos jejuando.

16 Quando jejuardes, não vos mostreis contristados como os hipócritas; porque eles desfiguram os seus rostos, para que os homens vejam que estão jejuando. Em verdade vos digo: Eles têm sua recompensa. 17 Tu, porém, quando jejuares, unge a tua cabeça, e lava o teu rosto, 18 para não mostrar aos homens que estás jejuando, mas a teu Pai, que está em secreto; e teu Pai, que vê em secreto, te recompensará abertamente.

A futilidade que é se preocupar exageradamente com as riquezas deste mundo, onde tudo passa. A sabedoria de se fazer um investimento para a vida com Deus.

19 Não ajunteis para vós tesouros na terra; onde a traça e a ferrugem os consomem, e onde os ladrões escavam e roubam; 20 mas ajuntai para vós tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem os consumem, e onde os ladrões não escavam nem roubam. 21 Porque onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração. 22 A lâmpada do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; 23 se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será cheio de trevas. Se, portanto, a luz que em ti há são trevas, quão grandes são tais trevas!

Os dois senhores: Deus e o dinheiro.

24 Ninguém pode servir a dois senhores; porque ou há de odiar a um e amar o outro, ou há de dedicar-se a um e desprezar o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas.

O cristão não deve se preocupar com as coisas deste mundo, mas sim confiar em Deus.

25 Por isso vos digo: Não vos preocupeis quanto à vossa vida, pelo que haveis de comer, ou pelo que haveis de beber; nem, quanto ao vosso corpo, pelo que haveis de vestir. Não é a vida mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário? 26 Olhai para as aves do céu, que não semeiam, nem colhem, nem ajuntam em celeiros; e vosso Pai celestial as alimenta. Não valeis vós muito mais do que elas? 27 Ora, qual de vós, por mais preocupado que esteja, pode acrescentar um côvado à sua estatura? 28 E por que andais preocupados pelo que haveis de vestir? Olhai para os lírios do campo, como crescem: eles não trabalham nem fiam; 29 contudo vos digo que nem mesmo Salomão, em toda a sua glória, se vestiu como um deles. 30 Ora, se Deus assim veste a erva do campo, que hoje existe e amanhã é lançada no forno, quanto mais a vós, homens de pequena fé? 31 Portanto, não vos preocupeis, dizendo: Que comeremos? Ou: Que beberemos? Ou: Com que nos vestiremos? 32 (Pois a todas estas coisas os gentios procuram.) Porque vosso Pai celestial sabe que precisais de tudo isso. 33 Mas buscai primeiro o reino de Deus e a sua justiça, e todas estas coisas vos serão acrescentadas. 34 Não vos preocupeis, pois, pelo dia de amanhã; porque o dia de amanhã cuidará de si mesmo. Basta ao dia o seu próprio mal.

E conhecereis a verdade…