Arquivo da tag: Bíblia

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 12)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 12) - O Grande Plano - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Fechando esta série sobre a oração, falaremos da verdade que deve estar, ou que deveria estar, gravada no coração de todo o cristão. Como qualquer ser humano, queremos ser felizes. Enquanto a maioria procura a felicidades nas coisas deste mundo, nós a procuramos em Deus e confiamos nas suas promessas de que ele cuidará de nós (Fp 4:19). Somos, porém, frequentemente atacados por tentações, privações, aflições e tribulações que nos causam ansiedade e inquietude. Perguntamos então: Não é este o objetivo da oração: que fiquemos livres de todos esses tormentos? Não nos basta pedir para que possamos usufruir de uma vida sem problemas? Afinal, do que consiste o plano que Deus tem para nós aqui neste mundo? Por que oramos?

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 11)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 11) - A Intimidade - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Ter intimidade com Deus é o grande objetivo de todo o guerreiro de oração. Quando duas pessoas são íntimas, significa que existe um ambiente de confiança entre elas; significa que há um entendimento mútuo quanto aos sonhos e metas de cada pessoa. Obviamente, também existe amizade pois ninguém é íntimo de alguém a menos que sejam amigos e queiram tudo de bom, um para o outro. Pessoas íntimas se abrem e expõem suas alegrias e tristezas, sabendo que o amigo, sempre fiel, estará com ele nos sorrisos e será um apoio confiável nas lágrimas (Pv 18:24).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 10)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 10) - O poder da persistência - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

O Senhor tem prazer em ouvir dos seus filhos. Quando o cristão se empenha em pedir algo a Deus, ele deve se compenetrar de dois pontos fundamentais: O primeiro é o reconhecimento íntimo de que o Senhor é muito sábio e muito bom; o segundo é lembrar que Deus não exerce a sua sabedoria e bondade distribuindo bênçãos a qualquer um que lhe peça, sem considerar tudo o que está em jogo. Devemos também lembrar que para nós, que amamos e obedecemos a Deus, o Senhor é mais do que Deus — ele é o nosso Pai — e não receberemos dele nada além daquilo que realmente será de benefício para nós e para os nossos queridos (Tg 1:17). Paralelo a esse fato, a nossa compreensão daquilo que é bom ou mau para nós frequentemente está muito além da realidade; realidade esta que apenas a onisciência divina consegue ver (Is 55:8-9).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 9)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 9) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

O mundo em que vivemos não é aquilo que muitos imaginam ser. Seis mil anos de pecado surtiu um efeito de cegueira progressiva na população. Cada vez mais deparamos com pessoas que não conseguem ver sequer um palmo adiante do nariz. Cegos com o agravante de quererem convencer aos outros que o universo consiste tão somente do pouco que eles conseguem conceber. Satanás e os anjos caídos certamente se deleitam em fazer a sua obra de destruição em um ambiente tão amigável como este em que vivemos. Isto é, até que encontram aqueles que possuem a visão espiritual; aqueles que vivem não pelo que veem, mas sim pela fé (2Co 5:7; Hb 10:38).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 8)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 8) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Todo o servo de Deus é um trabalhador, um obreiro. É por isso que frequentemente, nas suas parábolas, Jesus utilizou como ilustração o relacionamento entre um dono de uma plantação com os seus operários. Geralmente temos a imagem de Deus Pai e Filho como proprietários e dos cristãos como administradores, servos e inquilinos (Mt 21:33-46). Alguns destes obreiros de Deus são bons e fiéis, enquanto outros deixam muito a desejar quanto ao cumprimento das tarefas que lhes foram dadas (Lc 19:11-27), mas bem ou mal, todos eles se empenham em executar a obra de manter as terras do Mestre em plena produção.

Leia mais »

A Onipotência (Série Os Atributos De Deus)

A Onipotência (Série Os Atributos De Deus) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Dos atributos de Deus que conhecemos, a onipotência é o que mais se destaca. Devido à nossa incapacidade de fazer tantas coisas que gostaríamos de fazer, saber que não existe limite para o Criador é sem sombra de dúvidas o que mais nos atrai a Ele. Imaginamos corretamente que se tão somente tivéssemos alguém com todo esse poder do nosso lado, certamente estaríamos bem (Ef 1:19; Ro 8:31).

Leia mais »

Uma Estranha Santidade

UMA ESTRANHA SANTIDADE Por Markus DaSilva o que é santificação?

Por Markus DaSilva, Th.D.

Vivemos em cavernas. Sim, essa é a acusação que frequentemente recebemos dos inimigos da santidade. Segundo eles, os perdidos não podem ouvir de nós o evangelho porque vivemos separados do mundo. Falam que os descrentes fogem da nossa presença porque somos diferentes. Acreditam que um ministério, para ser eficaz, precisa consistir de pessoas que vivem entre os mundanos, fazendo aquilo que eles fazem. Acreditam que os ímpios precisam se identificar com os cristãos, se sentir à vontade na casa de Deus.

Leia mais »

O Que Deus Quer de Nós?

O Que Deus Quer de Nós? - O Homem Carnal -  Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

O que Deus quer de nós? Teólogos e filósofos debatem essa pergunta por séculos. Uma grande parte dos cristãos crê que existe uma lista personalizada, dada por Deus, que serve como uma espécie de guia de como agradá-lo (não estou me referindo à Bíblia). Também se entende que essa lista imaginária é bastante flexível, podendo variar não só no seu tamanho, como também na sua rigidez. Por exemplo, para alguns, deve-se ir à igreja pelo menos duas vezes por semana, enquanto para outros, apenas em ocasiões especiais, e ainda para outros, congregar nem consta nesta lista. Essa mesma flexibilidade é também observada nas ofertas, leitura da bíblia, oração, músicas, entretenimentos… etc. Cada um possui a sua lista e cada um procura na medida do possível obedecê-la. Se algo nessa lista começa a incomodar, basta editá-la até que fique aceitável, pois, como já disse, tudo isso é adaptável. Obviamente a implicação é que se a lista é flexível, se os seus itens são adaptáveis à conveniência de cada um, o autor dessa lista, Deus, também o é.

Leia mais »

Vivendo Pela Fé (Parte 2)

Vivendo Pela Fé (Parte 2) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

De Gênesis a Apocalipse, tudo na bíblia tem a ver com a fé. Sim, a Palavra também enfatiza a confiança, a esperança, a humildade e o maior dos dons, o amor, mas nenhum se compara à fé em se tratando de estabelecer uma base, a única base, para o crescimento dos filhos de Deus. Até mesmo o amor, depende da fé para não perder o seu foco. Sabemos muito bem de amor sendo usado abundantemente de maneiras que no final não traz benefício algum, nem para quem dá, nem para quem recebe.

Leia mais »

O Fim Dos Mornos (Parte 2)

O Fim Dos Mornos (Parte 2) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Na primeira parte desse texto, falamos da existência de três grupos de pessoas na terra: os perdidos, os salvos e os mornos, sendo que este último é o nosso foco. De todos os seres humanos que enfrentarão a condenação de Deus no juízo final, os mornos (nem frios nem quentes) serão os mais infelizes porque esperavam ser salvos (Mt 7:21-23). Durante os rápidos anos que passaram nesse mundo, foram levados por um coração depravado. Desenvolveram um cristianismo próprio, completo, com um deus e um evangelho imaginário. Esses idólatras – pois é isso que são – pregam um plano de salvação que mais se parece com um cruzeiro em direção às ilhas gregas do que com o caminho apertado rumo ao céu. Tem-se a impressão que adquirem seus conhecimentos de folhetos turísticos e não das Escrituras.

Leia mais »