Arquivo da tag: Coração

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 6)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 6) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Das muitas coisas que estou continuamente pedindo a Deus, a humildade está sempre no topo da lista. Faço isto por dois motivos: primeiro, porque conheço muito bem o meu coração e sei do quanto necessito desta bênção; preciso me tornar “pobre em espírito”, pois, como disse Jesus, deles é o Reino dos céus (Mt 5:3). Segundo, porque quero muito agradar a Deus, e sei que um dos pecados que mais desagrada ao Senhor é o pecado do orgulho, especialmente o orgulho espiritual (Lc 18:9-14).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 5)

(PARTE 5) 12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

É muito difícil para nós, simples mortais, entender os sentimentos do Criador. Esta é uma dificuldade teológica: como pode Deus estar sujeito àquilo que ele mesmo criou? Pode Deus realmente experimentar o que chamamos de sentimentos? Pode o Senhor de fato ter raiva, curiosidade, ciúme, tristeza, alegria ou prazer naquilo que nós, pequenas e falhas criaturas, fazemos ou deixamos de fazer? Muitos teólogos acham que não, e atribuem expressões de sentimentos divinos nas escrituras à simplificação linguística, ou antropomorfismo, como normalmente é conhecido. Como esta série é sobre a oração, não é necessário que eu me aprofunde neste assunto, mas quero apenas explorar um sentimento que tem muito a ver com oração e que parece bem claro na Palavra: Deus tem prazer no filho agradecido.

Leia mais »

Vivendo Em Terras Invadidas (Parte 1)

VIVENDO EM TERRAS INVADIDAS (Parte 1) Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Recentemente escrevi um artigo sobre o coração. Nele, expliquei que muito embora não temos como controlar de uma forma direta o nosso coração, podemos direcioná-lo através da mente. Como ilustração, usei o barco, o vento e a vela. Quando queremos navegar para um determinado porto, precisamos do vento, que é o nosso coração. Mas a direção do vento raramente nos favorece; muito pelo contrário, o mais comum é esse vento soprar num sentido bem oposto ao nosso destino (Jer 17:9). A vela, nesse caso a mente, é a maneira pela qual forçamos o vento a nos impulsionar até onde queremos chegar (Rom 12:2).

Leia mais »

O Que Deus Quer de Nós?

O Que Deus Quer de Nós? Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Teólogos e filósofos debatem essa pergunta por séculos. Uma grande parte dos cristãos crê que existe uma lista personalizada, dada por Deus, que serve como uma espécie de guia de como agradá-lo (não estou me referindo à Bíblia). Também se entende que essa lista imaginária é bastante flexível, podendo variar não só no seu tamanho, como também na sua rigidez. Por exemplo, para alguns, deve-se ir à igreja pelo menos duas vezes por semana, enquanto para outros, apenas em ocasiões especiais, e ainda para outros, congregar nem consta nesta lista. Essa mesma flexibilidade é também observada nas ofertas, leitura da bíblia, oração, músicas, entretenimentos… etc. Cada um possui a sua lista e cada um procura fazer o seu melhor para obedecê-la. Se algo nessa lista começa a incomodar, basta editá-la até que fique aceitável, pois, como já disse, tudo isso é adaptável. Obviamente a implicação é que se a lista é flexível, se os seus itens são adaptáveis à conveniência de cada um, o autor dessa lista, Deus, também o é.

Leia mais »

O Cristão e o Equilíbrio…

O CRISTÃO E O EQUILÍBRIO... Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Estamos em guerra. Todos nós, sem exceção, participamos de uma batalha que teve início há muitos anos, ironicamente, em um paraíso, onde apenas a paz reinava. Adão e Eva iniciaram a maior batalha do universo por dois motivos: confiaram em Satanás e confiaram em si mesmos. Afinal, que mal pode haver em comer uma simples fruta? Milhares de anos depois, muitos nas igrejas continuam preferindo a voz da serpente à de Deus. Creem que podem sim ceder aos desejos do coração, desde que o façam com equilíbrio.

Leia mais »

Coração de Pedra, Coração de Carne (Parte 2)

coracao-de-pedra-coracao-de-carne-parte2-site

Por Markus DaSilva, Th.D.

Desde que publicamos os dois artigos sobre o louvor, em maio, nunca vimos um assunto ofender a tantos quanto a “parte 1” desse texto. É incrível como tantos cristãos realmente desconsideram os claros alertas do Senhor de que a menos que nos entreguemos por completo a Ele não teremos uma morada no céu (Mt 10:37-39).

Leia mais »

Coração de pedra, coração de carne (parte 1)

CORAÇÃO DE PEDRA, CORAÇÃO DE CARNE (Parte 1) Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Eu fico pasmado com o número de cristãos, geralmente homens, mas também algumas mulheres, que insistem em defender o argumento de que tudo o que Deus quer do ser humano é o coração. Eles imaginam-se sábios e de uma espiritualidade superior. Pensam que pessoas como nós, que procuram a santidade como um todo, espírito, alma e corpo (1 Ts 5:23), nos enganamos quando obedecemos a Jesus e nos separamos do mundo. Imaginam eles que o importante para Deus é “somente manter o coração puro”.

Leia mais »

O Fim Dos Mornos (Parte 2)

O Fim Dos Mornos (Parte 2) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Na primeira parte desse texto, falamos da existência de três grupos de pessoas na terra: os perdidos, os salvos e os mornos, sendo que este último é o nosso foco. De todos os seres humanos que enfrentarão a condenação de Deus no juízo final, os mornos (nem frios nem quentes) serão os mais infelizes porque esperavam ser salvos (Mt 7:21-23). Durante os rápidos anos que passaram nesse mundo, foram levados por um coração depravado. Desenvolveram um cristianismo próprio, completo, com um deus e um evangelho imaginário. Esses idólatras – pois é isso que são – pregam um plano de salvação que mais se parece com um cruzeiro em direção às ilhas gregas do que com o caminho apertado rumo ao céu. Tem-se a impressão que adquirem seus conhecimentos de folhetos turísticos e não das Escrituras.

Leia mais »

O Fim Dos Mornos (Parte 1)

O Fim Dos Mornos (Parte 1) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Há mais de 30 anos, aceitei a Jesus como meu Salvador em uma pequena igreja batista no interior de Minas. Antes desse dia, eu já sabia que se tomasse tal decisão teria que haver uma mudança radical na minha vida, envolvendo lazer, vícios, amizades, namoro e até profissão. Sem ninguém ter me alertado, no meu coração eu já sabia dessas coisas. Isso é fato. Pergunte qualquer adulto, não convertido, e ele lhe dirá (se for honesto) que realmente teria que abandonar certas práticas se aceitasse a Jesus. No seu íntimo, ele já sabe que o mundo onde se encontra e o mundo que Deus oferece são incompatíveis, assim como luz e trevas (2Co 6:14). O Senhor coloca esse conhecimento básico nas suas criaturas para que a decisão de O seguir seja consciente e não às cegas. Se alguém não está disposto a pagar o preço do discipulado, é melhor que fique de fora (Lc 14:25-34).

Leia mais »

A Verdade Absoluta (Parte 1)

A Verdade Absoluta (Parte 1) Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Existe uma verdade absoluta. Por absoluta entendemos a verdade única, suprema, sem variação. O ser humano não possui a verdade absoluta porque está sujeito a parcialidade e influências. Para o homem, o que é verdade hoje pode não ser amanhã (basta observar os políticos para confirmar o que digo). Quando Jesus disse: “Eu sou a verdade!” (João 14:6). Ele disse algo extraordinário; uma afirmação que nenhuma outra pessoa pode fazer: a de ser a própria verdade, a verdade encarnada, a verdade absoluta. Sempre ouvimos alguém insistir que fala a verdade, ou que conhece a verdade, mas nunca um indivíduo disse que é a verdade em si.

Leia mais »