Arquivo da tag: Deus

Amar A Deus Sobre Todas As Coisas – O Maior Dos Mandamentos (Parte 3)

Amar a Deus Sobre Todas As Coisas - O Maior Dos Mandamentos (Parte 3)

Por Markus DaSilva, Th.D.

Encerrando esta pequena série, procuraremos explicar com mais detalhes o significado de amar a Deus sobre todas as coisas. Em outras palavras, “na vida real”, como vive a pessoa que tem realmente a Deus como o único foco? Como deve viver o indivíduo cuja todas as outras coisas são secundárias? Sim, porque se qualquer outra coisa, como estudo, trabalho, namoro, família e lazer assume a prioridade na vida do cristão, então Deus já não tem primazia sobre todas as coisas. Deus pode até continuar sendo algo muito importante para ele, mas ser importante não é o mesmo que ser o primeiro.

Leia mais »

Amar A Deus Sobre Todas As Coisas – O Maior Dos Mandamentos (Parte 2)

Amar a Deus Sobre Todas As Coisas - O Maior Dos Mandamentos (Parte 1)

Por Markus DaSilva, Th.D.

No primeiro texto desta série, mencionamos que de todos os mandamentos contidos nas escrituras, Jesus elevou a um como o maior. Esse mandamento de Deus foi transmitido por Moisés, o seu profeta, quando ele estava com 120 anos de idade, e apenas horas antes de morrer: “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças” (Dt 6:5). O futuro do povo, bom ou mau, dependeria da observância desse preceito básico. Todos os tipos de bênçãos seguiriam se Deus tivesse total prioridade na sua vida: “Ouça e obedeça, ó Israel! Assim tudo lhe irá bem” (Dt 6:3), e como contraste, apenas maldições viriam se o Senhor ocupasse uma posição secundária no dia a dia das pessoas. Caberia ao povo decidir se preferiam colocar o Senhor em primeiro plano ou não, a escolha foi dada: “Eis que hoje eu ponho diante de vós a bênção e a maldição” (Dt 11:26).

Leia mais »

Amar A Deus Sobre Todas As Coisas – O Maior Dos Mandamentos (Parte 1)

Amar a Deus Sobre Todas As Coisas - O Maior Dos Mandamentos (Parte 1)

Por Markus DaSilva, Th.D.

A região onde moramos, aqui no Sul da Flórida, é famosa por ter uma concentração muito grande de judeus. Dependendo do bairro, aos sábados é comum ver as famílias conversando em frente das sinagogas. Quando oram, os mais ortodoxos amarram na testa e braço o teflin (פילין), que são caixinhas de couro em cujo interior estão passagens do velho testamento, incluindo: “Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma e de todas as tuas forças” (Dt 6:5). Esse foi exatamente o versículo mencionado por Jesus quando o fariseu lhe perguntou qual era o maior dos mandamentos. O Senhor acrescentou que toda a bíblia (leis e profetas) é sustentada por esse mandamento e por um segundo, de igual importância: amarás o teu próximo como a ti mesmo (Mt 22:39-40); mas falaremos deste segundo em um outro texto.

Leia mais »

Deus É Fiel

Deus é Fiel

Por Markus DaSilva, Th.D.

Ontem à noite fomos a uma festa de casamento. Conversamos com uma amiga na mesa sobre as despesas e o trabalho que normalmente envolvem essas festas e ela nos disse que quando casou, apesar de que estava longe da sua família no Brasil, o Senhor lhe deu a bênção de ter tido uma linda festa organizada pelos irmãos da igreja. Ela terminou nos afirmando que em todo o desenrolar do evento, ela pôde comprovar mais uma vez na sua vida de cristã que Deus é fiel. Concordei imediatamente com ela que Deus é fiel, e lhe disse que o grande conforto que temos no dia a dia é a certeza da fidelidade divina.

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 12)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 12) - O Grande Plano - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Fechando esta série sobre a oração, falaremos da verdade que deve estar, ou que deveria estar, gravada no coração de todo o cristão. Como qualquer ser humano, queremos ser felizes. Enquanto a maioria procura a felicidades nas coisas deste mundo, nós a procuramos em Deus e confiamos nas suas promessas de que ele cuidará de nós (Fp 4:19). Somos, porém, frequentemente atacados por tentações, privações, aflições e tribulações que nos causam ansiedade e inquietude. Perguntamos então: Não é este o objetivo da oração: que fiquemos livres de todos esses tormentos? Não nos basta pedir para que possamos usufruir de uma vida sem problemas? Afinal, do que consiste o plano que Deus tem para nós aqui neste mundo? Por que oramos?

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 11)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 11) - A Intimidade - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Ter intimidade com Deus é o grande objetivo de todo o guerreiro de oração. Quando duas pessoas são íntimas, significa que existe um ambiente de confiança entre elas; significa que há um entendimento mútuo quanto aos sonhos e metas de cada pessoa. Obviamente, também existe amizade pois ninguém é íntimo de alguém a menos que sejam amigos e queiram tudo de bom, um para o outro. Pessoas íntimas se abrem e expõem suas alegrias e tristezas, sabendo que o amigo, sempre fiel, estará com ele nos sorrisos e será um apoio confiável nas lágrimas (Pv 18:24).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 10)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 10) - O poder da persistência - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

O Senhor tem prazer em ouvir dos seus filhos. Quando o cristão se empenha em pedir algo a Deus, ele deve se compenetrar de dois pontos fundamentais: O primeiro é o reconhecimento íntimo de que o Senhor é muito sábio e muito bom; o segundo é lembrar que Deus não exerce a sua sabedoria e bondade distribuindo bênçãos a qualquer um que lhe peça, sem considerar tudo o que está em jogo. Devemos também lembrar que para nós, que amamos e obedecemos a Deus, o Senhor é mais do que Deus — ele é o nosso Pai — e não receberemos dele nada além daquilo que realmente será de benefício para nós e para os nossos queridos (Tg 1:17). Paralelo a esse fato, a nossa compreensão daquilo que é bom ou mau para nós frequentemente está muito além da realidade; realidade esta que apenas a onisciência divina consegue ver (Is 55:8-9).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 9)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 9) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

O mundo em que vivemos não é aquilo que muitos imaginam ser. Seis mil anos de pecado surtiu um efeito de cegueira progressiva na população. Cada vez mais deparamos com pessoas que não conseguem ver sequer um palmo adiante do nariz. Cegos com o agravante de quererem convencer aos outros que o universo consiste tão somente do pouco que eles conseguem conceber. Satanás e os anjos caídos certamente se deleitam em fazer a sua obra de destruição em um ambiente tão amigável como este em que vivemos. Isto é, até que encontram aqueles que possuem a visão espiritual; aqueles que vivem não pelo que veem, mas sim pela fé (2Co 5:7; Hb 10:38).

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 8)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 8) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Todo o servo de Deus é um trabalhador, um obreiro. É por isso que frequentemente, nas suas parábolas, Jesus utilizou como ilustração o relacionamento entre um dono de uma plantação com os seus operários. Geralmente temos a imagem de Deus Pai e Filho como proprietários e dos cristãos como administradores, servos e inquilinos (Mt 21:33-46). Alguns destes obreiros de Deus são bons e fiéis, enquanto outros deixam muito a desejar quanto ao cumprimento das tarefas que lhes foram dadas (Lc 19:11-27), mas bem ou mal, todos eles se empenham em executar a obra de manter as terras do Mestre em plena produção.

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 7)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 7) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Ano passado, escrevi um texto intitulado: “A Fé Que Não Salva”. Nele, expliquei que embora muitos não percebam, o fato é que todo o ser humano, sem exceção, possui algum tipo de fé. Até mesmo a pessoa que afirma não crer que Deus existe precisa da fé para que essa ideia se forme e se concretize na mente. Fé, então, é um dom dado por Deus a todos os seres humanos; um dom universal assim como o amor, a caridade, a empatia e outros dons que todos temos. Baseado neste fato, quando falamos de fé no contexto da oração, não estamos apenas falando de quantidade, de ter muita fé, mas também de qualidade; estamos então procurando desenvolver uma fé voltada para aquilo que nos beneficiará. Não queremos qualquer fé, mas sim a fé correta. Queremos a fé que nos trará respostas às nossas orações.

Leia mais »