Arquivo da tag: Louvor

As Táticas Do Inimigo Da Igreja Reveladas (Parte 3)

As Táticas Do Inimigo Da Igreja Reveladas (Parte 3) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Conforme prometido, lidaremos neste texto com a falsa ideia de que existe um desespero no céu para o ganho de almas; a ideia de que tudo o que vier à mente deve ser feito para que as pessoas venham à igreja, um vale tudo; a ideia de que a função dos líderes é criar um ambiente atrativo para o ímpio. E finalmente, a pior de todas, a ideia de que o cristianismo morrerá a menos que se torne “relevante” para a comunidade, especialmente para os jovens. O inimigo tem usado essa tática com sucesso em praticamente todas as denominações cristãs. Disse “ganho de almas” no início porque essa frase faz parte do seu engano, mas a realidade é que além de não haver nenhum desespero no céu, ter a “casa cheia” nunca foi e nunca será prova em si mesma de que almas estão de fato sendo ganhas para Cristo.

Leia mais »

A Verdade Absoluta (Parte 2)

A Verdade Absoluta (Parte 2) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Na primeira parte deste texto, comentamos da extraordinária revelação de Jesus, quando disse: “Eu sou a verdade!” (João 14:6). Não uma das verdades, ou a melhor das verdades, mas a única; a verdade que se tornou homem; perfeita, invariável, suprema; a verdade absoluta.

Leia mais »

A Oferta de Caim (Louvor – Parte 2)

A Oferta de Caim (Louvor - Parte 2) Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Nosso último texto sobre o louvor, publicado em Abril, causou um certo desconforto entre aqueles que imaginam que o Senhor desconsidera a obediência como requisito para que a nossa adoração seja aceita.

Leia mais »

Louvor Não Salva (Louvor – Parte 1)

Louvor Não Salva (Louvor - Parte 1) - Adoradores em Espírito e Verdade - Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Louvor não salva. Duro, mas tem que ser dito. Querer ser salvo pelo cantar, fechar os olhos, levantar as mãos, dançar, coreografar, bater palmas, derramar lágrimas…. é querer ser salvo por obras, por algo que fazemos, e nenhuma obra levará alguém ao céu. Por mais lindo e comovente que seja, Jesus não disse que o Pai procura por adoradores que saibam louvar, mas sim por aqueles que o adorem em espírito e em verdade (Jo 4:23). Em espírito porque não é na carne e em verdade porque não é mentira, bem simples. Mentimos na adoração quando a nossa vida particular não condiz com as aparências; vivemos uma farsa; enganamos aos homens, e até a nós mesmos, mas não a Deus.

Leia mais »