Arquivo da tag: Obediência

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 7)

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 7) - Por Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Ano passado, escrevi um texto intitulado: “A Fé Que Não Salva”. Nele, expliquei que embora muitos não percebam, o fato é que todo o ser humano, sem exceção, possui algum tipo de fé. Até mesmo a pessoa que afirma não crer que Deus existe precisa da fé para que essa ideia se forme e se concretize na mente. Fé, então, é um dom dado por Deus a todos os seres humanos; um dom universal assim como o amor, a caridade, a empatia e outros dons que todos temos. Baseado neste fato, quando falamos de fé no contexto da oração, não estamos apenas falando de quantidade, de ter muita fé, mas também de qualidade; estamos então procurando desenvolver uma fé voltada para aquilo que nos beneficiará. Não queremos qualquer fé, mas sim a fé correta. Queremos a fé que nos trará respostas às nossas orações.

Leia mais »

12 Verdades Que Precisamos Saber Sobre A Oração (Parte 4)

12 VERDADES QUE PRECISAMOS SABER SOBRE A ORAÇÃO (PARTE 4) - Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Desde o início desta série tenho enfatizado que Deus sempre responde as orações dos seus filhos. Isso, certamente, não quer dizer que os seus filhos sempre aceitam as respostas recebidas. Na realidade, muito dos nossos sofrimentos ocorrem exatamente pelo fato de que nos aproximamos do trono do Senhor com a nossa cabeça já feita quanto à como o nosso pedido deverá ser atendido. Frequentemente possuímos na nossa mente um plano de ação já traçado e procuramos o Senhor não para que ele nos diga o que devemos fazer, mas simplesmente para que Ele leia, concorde, e assine embaixo. Na construção dos nossos sonhos, não procuramos tanto por um arquiteto, mas sim por um bom mestre de obras.

Leia mais »

As Táticas Do Inimigo Da Igreja Reveladas (Parte 1)

AS TÁTICAS DO INIMIGO REVELADAS (PARTE 1) Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Todos nós já ouvimos falar que um dos homens mais pacientes do mundo foi Jó. Quando lemos a sua história nas Escrituras podemos confirmar que de fato ele foi alguém de uma paciência invejável. Mas existe um ser que possui ainda mais paciência. Um ser não só paciente, mas também inteligente e que está disposto a esperar anos para atingir o seu objetivo. Um ser que não se incomoda em perder um metro de terreno hoje, desde que amanhã ele ganhe um kilômetro. Esse ser é a antiga serpente, aquele que circula aqui na terra, utilizando de toda a astúcia, buscando a quem possa devorar (Jó 1:6; Gn 3:1; 1Pd 5:8).

Leia mais »

A Fé Visível

A fé visível - Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Quando o homem se pergunta: quem sou eu? Se for honesto, responderá que sabe muito pouco a respeito de si mesmo; francamente, quase nada. Essa ignorância sobre quem somos deu origem a vários campos de estudos, incluindo a filosofia e a teologia.

Leia mais »

Vivendo Em Terras Invadidas (Parte 2)

(Parte 2) VIVENDO EM TERRAS INVADIDAS Por Markus DaSilva, Th.D. - Semeadores da Palavra

Por Markus DaSilva, Th.D.

Conforme explicado na primeira parte deste texto, o maior dos problemas do cristão é ter que conviver diariamente com o enorme exército espiritual que se opõe a Deus (Ap 12:9). A liderança desse exército tem ao seu dispor uma imensidão de anjos caídos, grande número de seres humanos alistados, e um arsenal de ferramentas, especialmente nos meios de comunicação, para usar nos seus ataques diários.

Leia mais »

Homem de Dores (Parte 1)

HOMEM DE DORES Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Desde pequeno ele sabia o que lhe esperava. Ainda novo, crescia no conhecimento das escrituras e via claramente que todas as profecias falavam dele (Lc 2:46-51). Cada verso que lia sobre si mesmo apontava para uma vida repleta de falsas acusações, rejeições e traições. Aqueles que deveriam estar felizes com a sua vinda seriam os seus maiores inimigos (Jo 1:11). Ninguém via isso, ninguém entendia. Estava só no princípio e seguiu só até o fim (Mt 26:40). Jesus cresceu, e exatamente como esperava, foi rejeitado dos homens; foi um homem de dores, e experimentado nos sofrimentos; e, como um de quem os homens escondiam o rosto, foi desprezado, e não fizemos dele caso algum (Is 53:3).

Leia mais »

A Cruz Nossa De Cada Dia

A CRUZ NOSSA DE CADA DIA Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

A essência do evangelho é a cruz. A essência da cruz é o sacrifício. A essência do sacrifício é a redenção. A essência da redenção é a graça. A essência da graça é o amor. A essência do amor é Deus.

Leia mais »

O Cristão Santo (Parte 1)

O Cristão Santo (Parte 1) - br.markusdasilva.org

Por Markus DaSilva, Th.D.

O título deste texto é um pouco estranho, confesso. É estranho porque vai contra o entendimento dos dois grupos que constituem o mundo cristão. O primeiro grupo, majoritário, considera um título como esse até ofensivo, pois, eles entendem que tal pessoa – um ser humano santo – simplesmente não existe, é um mito. Por outro lado, o outro grupo, do qual faço parte, também não concorda com esse título porque a frase pressupõe a existência de um cristianismo sem santidade, algo contrário às próprias palavras de Cristo (Mt 5:48; Mt 10:38; Lc 17:33).

Leia mais »

Apenas Duas Opções

Apenas Duas Opções - markusdasilva.org

Por Markus DaSilva, Th.D.

O cristianismo é uma religião ao mesmo tempo inclusivista e exclusivista. Inclusivista porque o convite é feito a todos (Jo 3:16). Exclusivista porque o verdadeiro cristianismo, aquele ensinado por Cristo, apresenta apenas duas opções para o ser humano: a que leva à felicidade eterna e a que leva à perdição eterna (Jo 14:6). Uma opção exclui a outra. Essas duas opções permeiam o evangelho: dois caminhos, duas portas (Mt 7:13-14), duas árvores (Mt 7:18), duas casas construídas (Mt 7:24-27), duas sementes (Mt 13:24-25) … etc. Sempre duas opções apresentadas ao ser humano para que ele saiba de uma forma simples a consequência, boa ou ruim, do exercício do seu livre arbítrio.

Leia mais »

Uma Estranha Santidade

UMA ESTRANHA SANTIDADE Por Markus DaSilva, Th.D.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Vivemos em cavernas. Sim, essa é a acusação que frequentemente recebemos dos inimigos da santidade. Segundo eles, os perdidos não podem ouvir de nós o evangelho porque vivemos separados do mundo. Falam que os descrentes fogem da nossa presença porque somos diferentes. Acreditam que um ministério, para ser eficaz, precisa consistir de pessoas que vivem entre os mundanos, fazendo aquilo que eles fazem. Acreditam que os ímpios precisam se identificar com os cristãos, se sentir à vontade na casa de Deus.

Leia mais »