Arquivo da tag: Tentações

🔊 (Parte 1) Série: Relacionamentos Cristãos – Influências [Com Áudio]

Estudo Bíblico - (Parte 1) Série: Relacionamentos Cristãos - Influências - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Começaremos esta nova série sobre os relacionamentos cristãos abordando o mais importante dos fatores relacionados ao convívio do servo de Deus com os outros seres humanos, que é a influência que cada um dos nossos contatos exerce sobre a nossa vida como um todo e mais especificamente, como somos influenciados pelas pessoas no nosso relacionamento com Deus. Obviamente, influências não é o motivo que normalmente procuramos nos relacionar com as pessoas, mas sim por coisas como companheirismo, ajuda mútua, pressão social, e no caso de casamento, também temos a necessidade de intimidade emocional e física. Mas, mesmo não sendo esta a razão de querermos nos relacionar com as pessoas, a realidade é que influência é o aspecto dos relacionamentos mais abordado na Bíblia e quase sempre no seu lado negativo.

Leia mais »

🔊 (Parte 4) Não Ameis o Mundo – O Orgulho da Vida [Com Áudio]

Estudo Bíblico - (Parte 4) Não Ameis o Mundo - O Orgulho da Vida - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

A vida presente está passando rapidamente, e nós com ela. No final de cada vida, o ser humano que a viveu terá feito a sua escolha se preferiu usar os seus anos aqui nesta fase da vida usufruindo o que ela oferece ou se preferiu sacrificar os prazeres atuais em troca de uma vida superior que será vivida depois que essa aqui acabar. Ou seja, se ele amou a sua vida aqui e agora ou se temporariamente a odiou – como nos disse Jesus – para poder vivê-la plenamente muito em breve: “Quem ama a sua vida perdê-la-á; e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna” (Jo 12:25).

Leia mais »

🔊 (Parte 3) Não Ameis o Mundo – A Cobiça dos Olhos [Com Áudio]

Estudo Bíblico - (Parte 3) Não Ameis o Mundo - A Cobiça dos Olhos - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Todos os sentidos que o Senhor deu ao ser humano são importantes, mas certamente o mais valorizado é a visão. Isso porque através dos olhos o homem consegue captar mais informação e com mais rapidez do que qualquer outro sentido do corpo. É por isso que o apóstolo João não nos alerta quanto à cobiça do paladar, olfato, tato, ou mesmo à da audição, mas sim à cobiça da visão. Não que o homem peque apenas através dos olhos, mas sim porque muitos dos pecados que cometemos têm a sua origem naquilo que vemos. Na realidade, as coisas que o coração deseja – e que o homem cede a este desejo através dos olhos – são as coisas que irão definir o seu estado espiritual.  Jesus foi bem claro sobre isso quando nos disse: “A lâmpada do corpo são os olhos; de sorte que, se os teus olhos forem bons, todo o teu corpo terá luz; se, porém, os teus olhos forem maus, o teu corpo será cheio de trevas” (Mt 6:22-23). “Se os teus olhos forem bons” e “se os teus olhos forem maus”, o fato de Jesus ter usado a partícula condicional “se” [Grego: ἐάν (ean)] nos indica que somos nós que decidimos, através dos olhos, se a nossa vida será cheia de luz ou trevas.

Leia mais »

🔊 (Parte 2) Não Ameis o Mundo – A Cobiça da Carne [Com Áudio]

Estudo Bíblico - (Parte 2) Não Ameis o Mundo - A Cobiça da Carne - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

“A carne é fraca”. Essas foram as palavras que o próprio Jesus usou quando viu que os três apóstolos que estavam com ele no Jardim do Getsêmani, Pedro e os irmãos João e Tiago, não conseguiam ficar acordados em um momento que ele tanto desejava o apoio dos seus amigos (Mt 26:41). Ouvir do próprio Criador (Jo 1:3) que a nossa carne é fraca, num certo sentido é um consolo, pois todas as vezes que caímos podemos lembrar das suas palavras e saber que essa é uma fraqueza presente em todos os humanos; não estamos sós. Por outro lado, saber que a carne é fraca nos põe em um constante alerta para que não nos coloquemos em situações de perigo em que sabemos que a carne não terá forças para resistir, da mesma forma que mantemos distância de um carro em chamas sabendo que além do fogo ainda existe a possibilidade de uma explosão.

Leia mais »

(Parte 7) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e o Tédio e Autopiedade.

(Parte 7) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e o Tédio e Autopiedade - Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

O tédio e a autopiedade são companheiros íntimos, por isso lidaremos com estas duas estratégias de Satanás contra o cristão em par. O tédio, sabemos muito bem o que é, mas quando falo de autopiedade, também conhecido como autocomiseração, me refiro ao ato de sentir pena de si mesmo; o sentimento de vítima; o sentimento de que a vida não tem sido justa para conosco; e de que merecemos um melhor tratamento. Obviamente, se somos vítimas é porque existe um culpado. Este pode ser uma pessoa, como o patrão, os pais, a esposa; como também pode ser as circunstâncias desfavoráveis em que nos encontramos, como uma enfermidade, ou um problema financeiro. O tédio é uma arma perigosa que Satanás usa contra o cristão, a autopiedade também, mas as duas em combinação tornam-se mortais nas mãos do nosso inimigo.

Leia mais »

(Parte 3) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Emoções.

(Parte 3) Estudo Bíblico - As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Emoções - Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Somos seres emocionais, todos nós. Alguns expressam as suas emoções mais facilmente que outros, mas todo o ser humano se entristece, se alegra, se arrepia, ri e chora. Isso é um fato. Também é fato que as nossas emoções são altamente susceptíveis às influências. Frequentemente rimos simplesmente porque vemos alguém rindo e choramos ao vermos alguém chorando. Basta observarmos as lágrimas no rosto de alguém pregando, dando um testemunho, orando ou cantando, que sem perceber começamos também a chorar. Sim, somos seres profundamente emocionais e influenciáveis e é por isso que o inimigo explora sem misericórdia essa nossa característica.

Leia mais »

(Parte 2) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Atividades Religiosas.

Estudo Bíblico - Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Atividades Religiosas.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Todos nós cristãos praticamos atividades que estão ligadas à nossa fé. Refiro-me a todas as coisas que fazemos regularmente e que são importantes para o nosso crescimento espiritual individual e para o avanço da obra de Deus como um todo. Com o tempo, desenvolvemos a nossa rotina cristã semanal. Algumas destas atividades inclui os dias de cultos, as nossas funções na igreja, as reuniões administrativas, pequenos grupos e células, escolas bíblicas, encontros, programações especiais… e muito mais. Além das atividades em grupo, também tem tudo aquilo que fazemos para o Senhor a sós e com os nossos familiares. Não consigo imaginar um cristão que não tenha as suas atividades religiosas pré-determinadas. Certamente que a minha família e eu, assim como vocês, temos a nossa rotina para tudo o que fazemos que é voltado exclusivamente para a nossa fé em Jesus.

Leia mais »

(Parte 1) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e a Substituição do Eterno Pelo Passageiro.

(Parte 1) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e a Substituição do Eterno Pelo Passageiro - Markus DaSilva

Por Markus DaSilva, Th.D.

Começaremos esta série de 12 estudos bíblicos com uma afirmação: um inimigo em campo aberto é um inimigo fraco. Ele pode ainda não ter sido destruído, mas ao conhecermos as suas táticas, Satanás perde o seu grande trunfo que é a escuridão e o anonimato. O nosso maior inimigo obtém grande sucesso entre os cristãos porque frequentemente não sabemos que estamos sob um ataque. Estamos constantemente passando por sofrimentos e tomando decisões erradas sem a menor noção da força espiritual inimiga que está trabalhando por detrás de muito daquilo que passamos. Para o deleite do nosso adversário, ele é frequentemente ignorado, e seguimos agindo como se lutássemos somente contra aquilo que podemos ver e ouvir. Isso foi o que o nosso irmão Paulo quis dizer quando escreveu: “Pois a nossa luta não é contra a carne e o sangue, mas sim contra os principados, contra as potestades, contra os dominadores das trevas desse mundo, contra a iniquidade espiritual nos altos” (Ef 6:12).

Leia mais »