🔊 Santificação: O Corpo e o Espírito [Com Áudio e PDF]

Mulher em cima de uma montanha admirando o visual com texto sobre o artigo: Santificação – O Corpo e o Espírito - Assistir Televisão, Novela e Filmes é Pecado, Corpo e Espírito - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Nesses últimos dias, a igreja parece não mais entender o que é a santificação. Satanás conseguiu trazer algo alarmante para o nosso meio; a ideia de que somos seres compartimentados, ou seja, que Deus somente se interessa pela parte espiritual da nossa vida.

“A santidade que o Senhor espera dos seus escolhidos é completa e abrangente, envolvendo tudo aquilo que somos.”

Deus não Aceita uma Entrega Parcial

Recentemente, uma irmã em Cristo respondeu a um estudo que escrevemos sobre a santidade e o morrer para o mundo. Ela argumentou que não via nada de errado em assistir novelas, seriados, filmes… e outras prisões satânicas, e ao mesmo tempo servir a Jesus: “o que precisamos”, disse a irmã, “é saber separar as coisas”. É interessante que ela tenha usado o verbo “separar”, pois tanto no hebraico [קֹדֶשׁ (kodesh)], como no grego [οσιοτη (osióte)], santidade realmente denota uma separação (Deut 14:2, Apo 18:4). A falácia, ou o erro, desse argumento consiste em imaginar que a santidade — ou separação — exigida por Deus é algo que podemos limitar a certas faculdades mentais, a certos sentimentos internos, como se pudéssemos isolar o nosso espírito do nosso corpo. Para ilustrar o meu ponto, imaginem um cristão pego em adultério se dizer inocente frente a igreja sob o argumento de que apenas o seu corpo teve relações com a mulher do seu irmão, mas que o seu espírito se manteve santo o tempo todo. Obviamente tal argumento seria inadmissível, pois seria como se ele dissesse que Deus não considera o seu ato pecaminoso como sendo de fato sua responsabilidade.

Milhões de estudos teológicos enviados totalmente sem custo. Se inscreva neste link: Página de Inscrição.

Deus não Negocia com o Homem

O cristão que imagina ser possível oferecer a Deus uma parte do seu ser, mas manter uma outra parte para si mesmo, ainda não se deu conta com quem ele está lidando. Ele imagina que pode negociar com Deus assim como um homem negocia com outro, procurando um comum acordo, ou um tipo de solução na qual ambos fiquem satisfeitos. Este tipo de pensamento, no entanto, está completamente distante da realidade sobre Deus e de como ele se relaciona com as suas criaturas: “Ouve, Israel, o Senhor nosso Deus é o único Senhor. Amarás, pois, ao Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, de todo o teu entendimento e de todas as tuas forças” (Mar 12:29-30; Deut 6:4-5)

Queridos, a santidade que o Senhor espera dos seus escolhidos é completa e abrangente, envolvendo tudo aquilo que somos: aquilo que pensamos, que imaginamos, que desejamos; aquilo que lemos, que vemos, que ouvimos, que falamos, e que tocamos (2Co 7:1). Pois assim como corpo e espírito fomos criados, como corpo e espírito seremos julgados.

Quer que oremos por você? Visite a Página de Oração.

Amados, todos nós sabemos que o nosso tempo é curto. É o plano de Deus que nenhum de nós saiba se estará vivo amanhã, para que assim não nos acomodemos com o hoje. Paremos então com o uso de subterfúgios para justificar o nosso apego à carne, mas como o publicano que nem sequer ousava olhar para o céu, devemos bater no peito e clamar: “Ó Deus, tem misericórdia de mim, pecador!” (Luc 18:13). Espero te ver no céu.