Arquivo da tag: Obediência

🔊 (Parte 7) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e o Tédio e Autopiedade [Com Áudio]

(Parte 7) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e o Tédio e Autopiedade - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

O tédio e a autopiedade são companheiras íntimas, por isso lidaremos com estas duas estratégias de Satanás contra o cristão em par. O tédio, sabemos muito bem o que é, mas quando falo de autopiedade, também conhecido como autocomiseração, me refiro ao ato de sentir pena de si mesmo; o sentimento de vítima; o sentimento de que a vida não tem sido justa para conosco; e de que merecemos um melhor tratamento. Obviamente, se somos vítimas é porque existe um culpado. Este pode ser uma pessoa, como o patrão, os pais, a esposa; como também pode ser as circunstâncias desfavoráveis em que nos encontramos, como uma enfermidade, ou um problema financeiro. O tédio é uma arma perigosa que Satanás usa contra o cristão, a autopiedade também, mas as duas em combinação tornam-se mortais nas mãos do nosso inimigo. Leia mais »

🔊 (Parte 6) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e as Dúvidas Sobre a Nossa Salvação [Com Áudio]

Estudo Bíblico (Parte 6) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e as Dúvidas Sobre a Nossa Salvação - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Quando o cristão duvida da sua salvação ele pode estar sendo influenciado por uma de duas forças opostas. Opostas em métodos e objetivos. A primeira delas é benévola e vem do Espírito Santo, que foi enviado pelo Pai para nos convencer do pecado (Jo 16:8-11). A voz do Senhor é mansa e suave e podemos sentir que o seu alvo é nos trazer de volta ao caminho da retidão que todos nós, os santos do senhor, temos que percorrer até chegarmos à nossa morada final (ver série sobre a santidade). Já a segunda força é malévola e vem de Satanás. A sua voz é ríspida e acusadora, tendo como meta nos fazer desanimar e desistir do caminho santo e assim participarmos com ele do seu triste final (Ap 12:10). Este estudo, como sugere o título, focará na voz do inimigo. Se o Senhor nos direcionar, escreveremos sobre a missão do Espírito Santo em um outro texto. Leia mais »

🔊 (Parte 5) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Doutrinas Secundárias [Com Áudio]

Estudo Bíblico - (Parte 5) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Doutrinas Secundárias - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

A palavra “doutrina” é simplesmente uma variação da palavra “ensino” do grego διδασκαλία (didaskalia – substantivo), e vem de διδάσκω (didaskó – verbo: Ensinar, Instruir). É dessa mesma fonte que temos a palavra “didática” no português. Em uma de suas cartas a Timóteo, Paulo lhe explicou que “toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar (didaskalian), para repreender, para corrigir, para instruir em justiça” (2Tm 3:16). A Bíblia Sagrada consiste em grande parte de doutrinas, ou seja, de ensinamentos quanto ao nosso relacionamento com Deus, o nosso Criador. É apenas quando lemos e estudamos estes ensinamentos que aprendemos sobre Deus e podemos então tomar decisões conscientes de suma importância para a nossa vida presente e ainda mais importantes para a nossa vida futura. Leia mais »

🔊 (Parte 4) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Boas Obras [Com Áudio]

(Parte 4) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Boas Obras - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Deus se deleita nas boas obras dos seus santos. Um dos motivos, é que as oportunidades que surgem para fazermos aquilo o que é bom no nosso dia a dia não aparecem no nosso caminho por acaso, mas são colocadas ali pelo próprio Deus para que assim possamos mostrar a Ele que estamos aprendendo; sim, estamos nos tornando bons iguais ao nosso Pai, que é a bondade suprema. Foi isso o que o nosso irmão Paulo quis dizer quando escreveu: “Porque somos criaturas dele, criados em Cristo Jesus para boas obras, as quais Deus preparou antecipadamente para que andássemos nelas” (Ef 2:10). Essa é uma verdade que posso comprovar na minha vida e da minha esposa incontáveis vezes. Em uma destas vezes, conforme já testemunhei em um outro estudo, Deus nos deu a oportunidade de servir por sete anos, dia e noite, por tempo integral, a uma irmã viúva e idosa da igreja. Aprendemos e crescemos com essa longa experiência. Leia mais »

🔊 (Parte 3) As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão – Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Emoções [Com Áudio]

(Parte 3) Estudo Bíblico - As 12 Táticas de Satanás Contra o Cristão - Satanás e a Substituição da Obediência Pelas Emoções - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Somos seres emocionais, todos nós. Alguns expressam as suas emoções mais facilmente que outros, mas todo o ser humano se entristece, se alegra, se arrepia, ri e chora. Isso é um fato. Também é fato que as nossas emoções são altamente susceptíveis às influências. Frequentemente rimos simplesmente porque vemos alguém rindo e choramos ao vermos alguém chorando. Basta observarmos as lágrimas no rosto de alguém pregando, dando um testemunho, orando ou cantando, que sem perceber começamos também a chorar. Sim, somos seres profundamente emocionais e influenciáveis e é por isso que o inimigo explora sem misericórdia essa nossa característica. Leia mais »

🔊 (Parte 2) Série: Sem Santidade Ninguém Verá a Deus. Estudo Nº 2: Uma Nação Santa, Um Povo Adquirido [Com Áudio]

Sem Santidade Ninguém Verá a Deus (Parte 2) - Uma Nação Santa, Um Povo Adquirido. - Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Conforme já disse no início desta série, o ser humano realmente se acha muito justo; tanto que frequentemente alguns questionam até mesmo a justiça de Deus, comparando-a com a justiça própria. Um ponto que sempre incomoda alguns é o fato de que Deus não salvará a todos. Eles convenientemente esquecem que o caminho e a porta da salvação sempre foram abertas a qualquer um que queira entrar. Em outras palavras, o Senhor jamais negará a salvação à alma que verdadeiramente queira se salvar (Ap 3:20). Algo que Deus não faz, obviamente, é levar para o céu aqueles que não têm interesse de lá morar. Se o coração da pessoa se encontra aqui, então aqui ela ficará (Cl 3:2). Pessoalmente, não vejo injustiça alguma neste fato. Muito pelo contrário, vejo sim uma incrível demonstração de respeito à escolha da criatura por parte do Criador. No seu destino final, seja céu ou inferno, nunca ouviremos alguém reclamar, dizendo: “Estou aqui contra a minha vontade!” Leia mais »

🔊 (Parte 1) Série: Sem Santidade Ninguém Verá a Deus. Estudo Nº 1: Santo, Santo, Santo! A Santidade de Deus [Com Áudio]

Sem Santidade Ninguém Verá a Deus (Parte 1) - Santo, Santo, Santo! A Santidade de Deus Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Um dos maiores erros que nós, cristãos, cometemos continuamente é imaginarmos que existe alguma semelhança na forma como pensamos e agimos e na forma que Deus pensa e age (Is 55:8-9). Essa verdade se aplica em especial à justiça divina. O nosso senso de justiça compara-se com o de Deus da mesma forma que a pequena claridade de uma vela se compara com o brilho ofuscante do sol do meio-dia. Muitos não levam a sério os avisos do Senhor quanto à obediência à sua Santa Palavra. É por causa deste grave erro que milhares entre nós ficarão horrorizados quando muito em breve ouvirem de Cristo que embora imaginavam ser parte dos eleitos, na realidade Jesus nunca os conheceu. Por que Jesus não os conheceu? Porque eles apenas professaram amor a ele, mas na prática não o amaram, pois ignoraram o seu mandamento de morrerem para o eu e viverem apenas para o Senhor (Jo 14:15). Mantiveram as suas vestes contaminadas com os prazeres do mundo (Ap 3:4). Não se santificaram, e sem a santificação ninguém verá a Deus (Heb 12:14). Leia mais »

🔊 (Parte 4) Série: A Graça, a Obediência e a Salvação. Estudo Nº 4: Crescendo na Graça. Caindo da Graça.

(Parte 4) A Graça, a Obediência e a Salvação - Crescendo na Graça. Caindo da Graça. Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Concluindo esta série, examinaremos as duas atitudes opostas que o cristão pode assumir em relação à graça. Do lado positivo, veremos que é possível ao servo fiel experimentar mais da graça de Deus, pois a graça do Senhor não é estagnada, mas é sim um dom dinâmico, podendo tanto se desenvolver como se contrair, dependendo do nosso viver. Foi para nos encorajar ao desenvolvimento que o nosso irmão Pedro nos instruiu: “Crescei, porém, na graça e no conhecimento de nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo” (2Pe 3:18). Do lado negativo, veremos que se negligenciarmos o caminho de santidade repetidamente mencionado na Palavra, corremos o risco de afastarmos da graça, conforme alertado pelo autor de Hebreus: “tendo cuidado de que ninguém se exclua da graça de Deus” (Hb 12:15). Leia mais »

🔊 (Parte 3) Série: A Graça, a Obediência e a Salvação. Estudo Nº 3: Paulo e a Graça. Os apóstolos e a Graça.

A Graça, a Obediência e a Salvação (Parte 3) - Paulo e a Graça. Os apóstolos e a Graça. A salvação é pela graça. Markus DaSilva

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Conforme expliquei na semana passada, embora Jesus não tenha usado o termo “graça” quando nos ensinou o caminho da salvação, a realidade é que o evangelho de Cristo é o evangelho da graça nos enviado do Pai. Graça, como falamos na primeira parte da série, se trata da maravilhosa dádiva da salvação que nos foi concedida simplesmente porque o Pai se agradou de nós, tal qual Jesus nos disse: “Não temas, ó pequeno rebanho, porque a vosso Pai agradou dar-vos o Reino” (Lc 12:32). A salvação pela graça difere em muito da salvação pela lei cerimonial porque enquanto a graça possui como foco o amor e a bondade de Deus (Jo 3:16), a lei se concentrava na observância dos rituais simbólicos que apontavam para o Messias. Lei esta que se tornou obsoleta (Mt 5:17) com o nascimento, vida e morte de Jesus, o Cristo (Grego: Χριστός – Cristos significa Messias). Por cerca de quatro mil anos, no entanto, Deus honrou todo o adorador sincero que se apoiava na lei para obter a salvação (Lc 1:6; Lc 2:22; Lc 2:39). Lembremos que não apenas a graça, mas também a lei, nos foi dada por Deus. Leia mais »

🔊 (Parte 2) Série: A Graça, a Obediência e a Salvação. Estudo Nº 2: Jesus e a Graça. Como Alcançamos a Graça.

(Parte 2) A Graça, a Obediência e a Salvação - Jesus e a Graça. Como Alcançamos a Graça. a Salvação é Pela Graça

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

Começamos esta segunda parte com uma informação que pode ser novidade para alguns: Jesus nunca usou a palavra “graça”. Isso não quer dizer que a salvação não seja pela graça, mas quer dizer sim que Deus esperou até a ascensão do seu filho e o envio do Espírito Santo para que essa verdade fosse revelada aos seus discípulos de uma forma mais clara. Até a vinda de Cristo, a visão que o povo judeu tinha do plano de salvação era bem limitada e confusa, ao ponto de um grande número entre eles nem mesmo aceitasse a ideia de que haverá uma ressurreição dos mortos, limitando os benefícios de servir a Deus somente para a vida presente. Foi por isso que esperavam que a principal função do Messias fosse a restauração de Israel no cenário geopolítico. Esperavam que quando chegasse, ele faria para eles o que o Rei Davi fez para o Israel do passado (Jo 6:15). Leia mais »