🔊 (Parte 1) Um Mundo De Mentiras: O Cristão e os Enganos de Satanás [Com Áudio]

Rapaz olhando para o mar com texto  (Parte 1) Um Mundo De Mentiras: O Cristão e os Enganos de Satanás [Com Áudio]

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Por Markus DaSilva, Th.D.

A presença de Deus é luz, a sua ausência são trevas. A presença de Deus é vida, a sua ausência é morte. A presença de Deus é a verdade, a sua ausência é a mentira.

“Tudo ao nosso redor está contaminado pela mentira. Um mundo onde se ouve, se vê, e se fala a mentira como algo natural, aceitável e louvável.”

Sendo ele o pai da mentira, Satanás possui como o seu idioma natural uma linguagem que envolve o engano, a farsa, a ilusão, a ficção, a fraude, a fantasia: “O Diabo é homicida desde o princípio, e nunca se firmou na verdade, porque nele não há verdade; quando ele profere mentira, fala do que lhe é próprio; porque é mentiroso, e pai da mentira” (Jo 8:44). Todas as faces da mentira, não importa o nome que se dê a cada uma, naturalmente lutam contra Aquele cuja presença é a própria verdade: Deus (Jo 3:33). Deus e o engano não podem ocupar o mesmo espaço.

Parte do engano de Satanás é mentir quanto à mentira. Não deveríamos de forma alguma nos surpreender que o nosso inimigo empacota as suas mentiras de maneira tal que muitos as veem como as coisas mais inocentes do mundo. Ele possui o poder para apresentar todos os tipos de argumentos plausíveis para que aquele indivíduo que já possui a inclinação para viver em um mundo de ilusão aceite com alegria as suas mentiras. As falsidades que ele apresenta para o homem que vive para agradar ao eu são vistas até mesmo como algo necessário para a vida. Ou seja, a pessoa sabe que aquilo que está aceitando é mentira, mas é enganado quanto às suas consequências e imagina receber apenas benefícios com as ofertas do maligno.

O cristão que não se firma nas verdades das Escrituras, será uma vítima fácil para todos os enganos do inimigo: “A soma da tua palavra é a verdade, e cada uma das tuas justas ordenanças dura para sempre” (Sl 119:160). [Heb. רֹאשׁ־דְּבָרְךָ֥ אֶמֶ֑ת (ro’sh-d’bar’ak ‘emeth) Tra. Lit. a soma da tua palavra verdade]. A nossa única esperança de obter a verdade em um planeta cujo príncipe é o pai da mentira é através da imutável Palavra de Deus. Em um mundo envolto pela mentira, não existe nenhuma outra fonte onde podemos nos apegar para que assim saibamos qual é o caminho a ser percorrido com segurança. A escuridão em que nos encontramos neste mundo atual é densa e apenas a Palavra de Deus nos oferece a luz que nos guiará com segurança até o nosso Pai: “Pelos teus preceitos ganho entendimento, e por isso detesto todo o caminho de mentira. Lâmpada para os meus pés é a tua palavra, e luz para o meu caminho” (Sl 119:104-105).

Estamos vivendo em um tempo, que em muitos casos nem é mais necessário que o Diabo procure encobrir as suas mentiras com uma aparência de verdade para que as pessoas as recebam. Ou seja, até mesmo dentro do cristianismo, muitos, sob o argumento de que se trata de entretenimento para a família, permitem que todos os tipos de mentiras tenham acesso aos seus lares, lares estes que deveriam ser ambientes onde apenas o Espírito da verdade fizesse morada: “…o Espírito da verdade, o qual o mundo não pode receber; porque não o vê nem o conhece; mas vós o conheceis, porque ele habita convosco, e estará em vós” (Jo 14:17). Não é de se surpreender quando estes lares passam a ser residências para todos os tipos de espíritos das trevas, pois se eles procuram habitar até nas casas onde não são bem-vindos, imaginem então nos lares cujos moradores se deleitam em todos os tipos de mentiras? Não é obvio que se os donos de uma casa aceitam com alegria o “produto de consumo” que os demônios fabricam e distribuem através da mídia, estes mesmos residentes também estão permitindo que os próprios demônios venham juntos com os seus materiais?

Não existe uma boa mentira, ou uma mentira inocente; não existe uma mentira construtiva, ou uma mentira justificável; não existe uma mentira necessária, ou uma mentira educativa. Quando o ser humano escolhe mentir, ele automaticamente escolhe o inimigo e rejeita a Deus. Não se deve esperar as bênçãos do Senhor em nada onde se envolveu a mentira (Is 65:16; Nm 23:19).

Nos anos 40, os meus sogros, recém-casados, se encontravam no meio da floresta Amazônica a trabalho. Vendo que o seu marido estava muito enfermo, a minha sogra, uma serva de Deus, clamou ao Senhor para curá-lo, fazendo um voto de nunca mais ler obras de ficção. O Senhor atendeu ao seu pedido e ela, até a sua partida desta vida, cumpriu o seu voto. Hoje, tanto a minha esposa como eu, seguimos o mesmo exemplo e abandonamos tudo aquilo que não possui a verdade: filmes, seriados, livros de ficção… etc.

Realmente vivemos em um mundo de mentiras; um mundo de engano e ilusão. Tudo ao nosso redor está contaminado pela mentira. Um mundo onde se ouve, se vê, e se fala a mentira como algo natural, aceitável e louvável (2Ts 2:10). Desde pequenos, somos doutrinados a acolher o engano com alegria e admiração, algo que ocorre até mesmo dentro de ambientes cristãos. O chamado povo de Deus voluntariamente expõe os seus próprios filhos a todos os tipos de enganos simplesmente porque os outros pais os fazem. Desconsideram que tudo aquilo está moldando e preparando as pequenas mentes, ainda em desenvolvimento, a aceitarem como natural o mundo de mentiras onde vivemos.

Amados, gostaria de falar mais sobre isto, e se o Senhor permitir assim o farei. Por agora, deixe-me lembrá-los que vocês morreram para este mundo, e como mortos, nada aqui deveria ser de interesse para vocês: “Pensai nas coisas que são de cima, e não nas que são da terra; porque morrestes, e a vossa vida está escondida com Cristo em Deus” (Cl 3:2-3). Deixe-me lembrá-los que o príncipe deste mundo, aquele cuja língua é a mentira, não reina sobre vocês; o seu Rei é Cristo, aquele que é a verdade absoluta. Deixe-me lembrá-los que a sua residência não é aqui; a sua mansão se encontra pronta, à sua espera, em uma terra onde apenas a verdade reina. Não se deixem enganar, o grande dia se aproxima, e os que se envolvem com a mentira não subirão: “… e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte” (Ap 21:8). Espero te ver no céu.