🔊 Série: 12 Verdades que Precisamos Saber Sobre a Oração: Estudo Nº 2: Existe um Processo em Andamento

Baixar Áudio Baixar Áudio | Baixar PDF Baixar PDF

Estudo bíblico completo sobre o poder da oração. Estudo Nº 2: Existe um Processo em Andamento.

Por Markus DaSilva, Th.D.

Começamos bem esta série. Semana passada falei sobre a primeira verdade, que é o fato de que mesmo quando temos a impressão de que Deus ainda não ouviu a nossa oração, Ele na realidade já ouviu e já começou a atuar ao nosso favor: “E acontecerá que, antes [Heb טרם (teremm) prep. antes, antes mesmo] de clamarem [Heb. קרא (kará) v. gritar, clamar, invocar] eles, eu responderei [Heb. ענה (aná) v. responder, falar]; e estando eles ainda falando, eu os ouvirei [Heb. שמע (shamar) v. guardar, ouvir, observar, vigiar, preservar, obedecer]” (Isa 65:24). Como exemplo de como Deus responde as nossas orações, mesmo quando não temos conhecimento do que está ocorrendo no mundo espiritual, mencionei a oração de Daniel no cativeiro babilônico, quando o anjo Gabriel disse que assim que a oração de Daniel iniciou Deus o enviou com a resposta, mas que demorou três semanas para ele chegar até Daniel devido a um imprevisto (Dan 10:12-13). Falaremos sobre esse imprevisto nesta série, mas não hoje.

“Cada incidente ou acidente que ocorre nos rápidos anos que passamos aqui na terra se enquadra no processo divino.”

A Bondade de Deus Permeia Este Mundo

Deus é bom e perfeito. Não só bom e perfeito em si mesmo, mas também em tudo aquilo que criou. Quando analisado tão somente pelo que se pode ver no físico, podemos deduzir que não existe muita bondade e perfeição ao nosso redor, obviamente, mas o fato é que mesmo em um mundo imerso em pecado, a bondade e a perfeição divina se fazem presentes nesta terra. Acreditem nisto: ai dos seres humanos se a mão protetora de Deus não estivesse sobre nós: “Bondoso e compassivo é o Senhor, tardio em irar-se, e de grande benignidade.  O Senhor é bom para todos, e as suas misericórdias estão sobre todas as suas obras” (Sal 145:8-9. Ver também:  Sal 100:5; Sal 136:1; Jer 33:11; Mat 5:45).

Milhões de estudos teológicos enviados totalmente sem custo. Se inscreva neste link: Página de Inscrição.

Existe um Propósito em Tudo Aquilo que Ocorre Neste Mundo

Existe um processo preestabelecido por Deus no qual tudo aquilo que existe está sujeito; tanto as coisas físicas quanto as espirituais. O universo não funciona em um vácuo (linguagem figurativa), onde tudo pode acontecer a qualquer momento, sem uma ordem ou porquê. Podemos ter a impressão de que aquilo que no momento nos preocupa veio do nada e que não existe um propósito, uma razão de ser, mas a realidade é que cada incidente ou acidente que ocorre nos rápidos anos que passamos aqui na terra se enquadra no processo divino, sujeito às regras, padrões e leis prefixadas e normalmente imutáveis. Bilhões de eventos ocorrem a cada segundo, todos eles sujeitos ao mesmo processo.

Todas as Curas vêm de Deus: Um Testemunho

Um bom exemplo do que estou falando é a forma que Deus estabeleceu para curar as nossas doenças. Agora mesmo, acabei de tomar dois comprimidos para uma pequena dor de cabeça que sinto. Se passaram uns 15 minutos e começo a sentir a dor desaparecendo. Como já mencionei em um outro texto, alguns anos atrás sofri de duas enfermidades sérias, um aneurisma e um TVP. Diferentemente da dor de cabeça, naqueles casos, tylenol, obviamente, não resolveria e foi necessário hospitais e cirurgias, mas em ambos os eventos, a dor de cabeça e o aneurisma, me beneficiei do mesmo processo divino, preestabelecido para a continuidade da vida neste mundo. Remédios, médicos, terapias, hospitais… tudo isso vem de Deus e faz parte deste processo divino o qual me refiro. Este exemplo mencionado se refere às enfermidades, mas o mesmo se aplica aos sistemas governamentais, sociais, educacionais, etc. Em outras palavras, o mundo só funciona porque Deus não permite que ele se desvincule do seu processo: “Deus reina sobre as nações; Deus está sentado sobre o seu santo trono. Os príncipes dos povos se reúnem como povo do Deus de Abraão, porque a Deus pertence os escudos da terra; ele é sumamente exaltado” (Sal 47:8-9).

Quer que oremos por você? Visite a Página de Oração.

Normalmente Deus Utiliza de Meios Naturais nas suas Respostas

O que tem tudo isto a ver com oração? Muito. Quando oramos, Deus normalmente nos responde utilizando meios que se enquadram dentro deste processo. Quando Deus atendeu a oração de Ezequias e estendeu a sua vida por 15 anos, Isaías (o profeta de Deus) receitou ao rei Ezequias um remédio que envolvia o uso de figos (Isa 38:21). No novo testamento, temos o apóstolo Paulo aconselhando a Timóteo adicionar vinho na sua água para um problema de estômago (1Tim 5:23). Utilizei a palavra “normalmente” acima porque Deus pode (e frequentemente o faz) interferir na ordem natural das coisas para o bem dos seus escolhidos. Quando isso ocorre, dizemos que a resposta à oração foi sobrenatural, ou miraculosa. Praticamente todas as curas de Jesus foram fora do processo natural. Processo esse, devo lembrar, criado por ele mesmo (João 1:1-3). Muito embora em pelo menos um caso temos a impressão de que Jesus utilizou de uma combinação de cura natural e sobrenatural: “Dito isto, cuspiu no chão e com a saliva fez lama, e untou com lama os olhos do cego, e disse-lhe: vai, lava-te no tanque de Siloé (que significa Enviado). E ele foi, lavou-se, e voltou vendo” (João 9:6-7).

Não Devemos Estipular a Forma que Deus Deve Responder as Nossas Orações

Queridos, não tenho a intenção de escrever tanto para cada uma das 12 verdades, mas esta precisava de mais explicações. Deus sempre atende as orações dos seus filhos que tanto o ama e o obedece: “e qualquer coisa que lhe pedirmos [Gr. αιτέω (etéo) v. pedir, rogar, exigir], dele a receberemos [Gr. λαμβάνω (lamvâno) v. pegar, receber, tomar], porque guardamos [Gr. τηρέω (tiréo) v. guardar, vigiar, manter, preservar] os seus mandamentos [Gr. εντολή (endolí) s.f. ordem, comando, regra, mandamento], e fazemos aquilo que lhe é agradável [Gr. αρεστός (arestós) adj. agradável, correto, apropriado]” (1Jo 3:22). Não devemos, no entanto, criar na nossa cabeça uma ideia de que Deus deve usar esse ou aquele método para cumprir a sua promessa de que Ele nos ouvirá. Certamente gostaríamos que todos os nossos pedidos fossem atendidos miraculosamente, mas o Senhor sabe de coisas que não sabemos (Isa 40:13-14). Se já existe uma solução para os seus problemas dentro do processo natural divino, ele lhes mostrará, vocês aceitarão, serão abençoados, e lhe dará a glória pelas bênçãos recebidas. Se a solução, no entanto, exigir algo contrário às leis naturais, ele não terá a menor dificuldade em lhes responder as orações de uma forma miraculosa. O nosso amado Jesus ainda sabe andar sobre as águas. Se Deus permitir, continuaremos na próxima semana. Espero te ver no céu.
 

Nesta série de estudos: